Promoção de primavera: Usufrua de 3 meses gratuitos de alojamento e até 90% de desconto em domínios.**

Comprar agora
.com
$ 5.99 $ 26.99 /1º ano
.one
$ 1.99 $ 16.99 /1º ano

Entrar

Painel De Controlo Webmail Editor web Loja virtual File Manager WordPress

O que é auditoria de conteúdo e porque é importante para o seu site?

O conteúdo do seu website e, consequentemente, realizar uma auditoria de conteúdo regular, é uma parte essencial da sua presença online. Idealmente, atrai o seu público-alvo, informando-o sobre os seus produtos e serviços e promovendo a sua marca.

Pode ter passado horas a elaborar slogans, títulos e artigos úteis que certamente agradarão aos seus clientes. Mas já se certificou de que o tempo gasto está a gerar o tráfego de que precisa? Mesmo que o seu conteúdo tenha tido um bom desempenho quando foi publicado pela primeira vez, os algoritmos dos motores de busca mudam constantemente. O que teve um bom desempenho há duas atualizações atrás pode ser quase invisível agora. Mesmo que nunca tenha feito alterações.

Ao efetuar uma auditoria de conteúdo, garante que as horas que gastou a trabalhar nos temas apresentados estão a dar os resultados desejados. Ao mesmo tempo, isto ajuda-o a identificar e a melhorar os conteúdos que não estão a ter um bom desempenho.

Crie facilmente um website de que se orgulhe

Crie um site profissional utilizando um construtor de sites fácil de usar e acessível.

Experimente 14 dias grátis
  • Escolha entre mais de 140 modelos
  • Não são necessárias competências de programação
  • Coloque a sua página online em poucos passos
  • Certificado SSL gratuito
  • Compatível com dispositivos móveis
  • Suporte 24/7

O que é uma auditoria de conteúdo?

Uma auditoria de conteúdo permite analisar todo o conteúdo do seu site. Começa com um inventário de conteúdo, onde percorre o mapa do site (sitemap) e anota todo o conteúdo que este possui. Depois de concluir o inventário, pode começar a verificar e analisar o desempenho de cada artigo.

Neste texto, aprofundaremos a questão de porque é que se deve realizar uma auditoria de conteúdo. Nas etapas para uma auditoria de conteúdo forneceremos sugestões de outros passos nos quais poderá trabalhar para continuar a melhoria do seu conteúdo.

Porque é que deve realizar uma auditoria de conteúdo?

Independentemente do seu negócio, as auditorias de conteúdo têm muitos benefícios. Vejamos alguns.

Identifique conteúdo de alto desempenho e baixo desempenho

Uma auditoria de conteúdo permite que você distinga as estrelas que brilham no seu site, daquelas com baixo desempenho. Esta conclusão é inestimável. Até porque permite tomar decisões baseadas em dados sobre sua estratégia de conteúdo de forma mais ampla. Ao entender o que funciona e o que não funciona, pode alocar recursos de forma eficaz e priorizar melhorias onde estas são mais importantes.

Perceba melhor as preferências do seu público:

A auditoria de conteúdos ajuda a ter um vislumbre das preferências e do comportamento do seu público. Ao analisar os conteúdos que receberam mais atenção e resultaram em conversões, obtém conclusões sobre quais os tópicos, formatos e estilos que mais ressoam nos seus clientes. Esse conhecimento permite tomar melhores decisões sobre futuras campanhas de conteúdo e marketing. Estas podem ser adaptadas para se alinhar mais de perto com os interesses e necessidades do seu público-alvo.

Otimize a jornada do cliente

O seu site serve como um ponto de contacto crítico na jornada do cliente. Neste caso, uma auditoria de conteúdos pode encontrar áreas para melhorar a experiência do utilizador. Por exemplo, se os clientes costumam clicar na opção de “ajuda” numa das suas páginas, isto pode demonstrar que não estão a encontrar as informações de que precisam para tomar decisões informadas. Abordar lacunas como esta na jornada do cliente pode levar a uma maior satisfação do utilizador e a melhores taxas de conversão.

Estabeleça uma linha base para o progresso

com algoritmos, a classificação dos motores de busca e as preferências do utilizador em constante fluxo, é mais importante do que nunca descobrir uma linha base para o desempenho do seu conteúdo. Uma auditoria de conteúdo pode ajudá-lo a estabelecer essa linha. Assim, poderá acompanhar o seu impacto dali para frente. Ao realizar auditorias de conteúdo regulares, cria um registo histórico do que funcionou no passado. Ao saber isto poderá fornecer uma referência para medir o sucesso no futuro. Isso permite adaptar e refinar a sua estratégia de conteúdo conforme necessário.

Melhore o desempenho do site – para você, para os seus clientes e para o ambiente

Uma estratégia de conteúdo bem organizada e otimizada pode melhorar significativamente o desempenho geral do seu site. O conteúdo que se alinha com a intenção do utilizador e atende às suas necessidades, aumenta a satisfação do cliente. Contribui ainda para melhores classificações nos motores de busca. Quando o seu conteúdo se adequa ao seu público-alvo, aumenta a sua visibilidade online e gera tráfego orgânico para a sua página.

Além disso, melhorar o desempenho também é uma parte fundamental de um site sustentável. Até porque, quanto mais leve, menos recursos do meio ambiente precisará.

Assim, as razões para realizar uma auditoria de conteúdo ficam claras. É um processo que permite ajustar a sua estratégia de conteúdo. Desta forma pode conectar-se com seu público e maximizar o impacto de sua presença online.

Agora que sabe o que é auditoria de conteúdo, vamos concentrar-nos no “como” a realizar.

Como fazer uma auditoria de conteúdo

A realização de uma auditoria de conteúdo pode parecer complicada no início. Porém, depois de configurar o seu modelo básico e obter algumas ferramentas, estará pronto para a executar. Neste caso, para conduzir a auditoria de conteúdo, pode seguir cinco passos principais de aspetos a melhorar no seu site. Passemos, com cuidado, a cada um deles.

Auditoria de conteúdo passo a passo

Passo 1: Comece com o âmbito e os objetivos da sua auditoria

O primeiro passo numa auditoria de conteúdo é determinar o âmbito e os objetivos da sua avaliação. O intuito define a extensão da sua auditoria e é onde se questiona: “Que parte do nosso conteúdo vamos avaliar?”

Geralmente, estando também relacionada com uma auditoria SEO, é sugerida uma revisão completa de todo o seu conteúdo. Esta abordagem fornece a visão geral mais holística do material do seu site. Permite avaliar todo o espectro do seu cenário de conteúdo, desde publicações de blog até descrições de produtos. Garante que nenhum conhecimento valioso é esquecido.

No entanto, também é possível realizar uma auditoria parcial. Por vezes, poderá querer ampliar secções específicas do seu website. Isto pode acontecer, por exemplo, num blog ou num conjunto específico de artigos centrados num tema. Uma auditoria parcial é benéfica quando tem um objetivo focado ou recursos limitados. Permite mergulhar profundamente num segmento de conteúdo específico, descobrindo dados detalhados.

Depois de estabelecer o âmbito da auditoria, e uma vez que já sabe o que é auditoria de conteúdo eficaz, o próximo passo é definir metas claras. Os seus objetivos devem alinhar-se com o propósito da realização dessa auditoria. Deve também orientar os seus esforços ao longo do processo. Por exemplo, pretende melhorar o SEO do seu site, identificando e melhorando o conteúdo que está com baixo desempenho? Está à procura de identificar o seu conteúdo com melhor desempenho para usar numa campanha de marketing direcionada? Ao definir metas concretas, fornece direção à sua auditoria SEO ou de conteúdo, e permite medir o sucesso por meio de métricas relevantes.

Passo 2: Catalogue o seu conteúdo através de um inventário simples

Depois de definir o intuito e as metas da auditoria de conteúdo, a próxima etapa é criar a base da auditoria, catalogando o seu conteúdo. Este processo envolve a recolha e organização de informações sobre cada conteúdo do seu site, de forma sistemática.

Embora os modelos de auditoria de conteúdo estejam disponíveis online, o método mais simples e mais amplamente utilizado para criar este inventário, é simplesmente elaborar uma tabela de auditoria de conteúdo. Para isto pode utilizar a sua aplicação preferida. Poderá ser, por exemplo, o Microsoft Excel ou o Google Sheets. Comece a criar um documento adicionando colunas para todas as informações relevantes. Este pretende documentar tudo de forma eficaz. Aqui está uma lista das informações padrão que deve incluir:

  • Título: O título do conteúdo.
  • Legendas: Quaisquer legendas ou títulos dentro do conteúdo.
  • URL: O endereço web ou link (ligação) para o conteúdo.
  • Data de publicação: A data em que o conteúdo foi originalmente publicado. Se aplicável, as datas de modificação.
  • Tipo de conteúdo: categorize o conteúdo por tipo, como publicação no blog, artigo de ajuda, página de produto etc.. Deverá estar de acordo com o que está determinado pelo sitemap do seu site.
  • Contagem de palavras: A contagem total de palavras do conteúdo.
  • Meta descrição: Um resumo ou descrição do conteúdo para referência.

Para melhorar a usabilidade do seu inventário, considere estas sugestões:

  • Código de cores: Utilize um código de cores para diferenciar os vários tipos de conteúdo. Assim torna-se mais fácil identificar tendências e padrões.
  • Categorias suspensas: implemente menus suspensos ou categorias na sua tabela. Assim conseguirá classificar ainda melhor o conteúdo. Faça-o com base em critérios específicos.

Adotar uma abordagem estruturada para catalogar o seu conteúdo criará um recurso valioso que será a base para uma análise aprofundada. Conseguirá ainda uma tomada de decisão informada nas etapas posteriores à sua auditoria de conteúdo. Além disso, usar uma tabela bem organizada garante que possa atualizar e manter o seu inventário de conteúdo com eficiência e à medida daquilo que o seu site evoluir.

Passo 3: Recolha os dados relevantes sobre seu conteúdo tendo como referência os seus objetivos

Depois de concluir o inventário, a próxima etapa envolve a recolha de dados sobre cada conteúdo. Esta é sem dúvida a parte mais importante. Aqui exige-se uma análise dos seus URLs e a especificação de o que fazer com cada um deles. Esta fase de colheita de dados numa auditoria de conteúdo é onde mergulha, profundamente, no desempenho e na qualidade do seu conteúdo. Tudo isto para que depois o possa analisar.

Dependendo das suas metas na auditoria de conteúdo eficaz, poderá expandir a sua tabela para incorporar métricas e pontos de dados adicionais. As informações recolhidas devem estar alinhadas com suas metas iniciais da auditoria SEO (ou outra). Por exemplo, se o seu objetivo é melhorar as conversões do utilizador, a monitorização de métricas, como tempo na página e cliques em CTA (call to action), pode igualmente ser um dado importante e que leva a conclusões valiosas. Por outro lado, realizar uma auditoria SEO, procurando por palavras-chave e backlinks, pode também ser especialmente relevante. Ao adaptar a sua auditoria de conteúdo aos seus objetivos, irá garantir que os dados obtidos contribuem diretamente para alcançar os resultados desejados.

Vejamos algumas métricas que pode considerar, dependendo dos seus objetivos:

  • Tempo na página: inclua esta métrica para acompanhar quanto tempo os utilizadores ficam numa página específica. Isto pode ajudá-lo a decidir se o conteúdo está alinhado com as expectativas do cliente. Por exemplo, se uma página recebe alto tráfego, mas tem um tempo médio na página que é baixo, pode mostrar que o conteúdo não responde às necessidades do público-alvo.
  • Tráfego de página e visualizações: registe o número de visualizações ou visitas que cada conteúdo recebe. É um ponto essencial para medir a popularidade geral do seu conteúdo.
  • Cliques em CTA ou outros pontos clicáveis: se o seu site inclui chamadas para ação (call to action) ou elementos clicáveis dentro do conteúdo, acompanhe quantos utilizadores se envolvem com eles.
  • Taxa de conversão: A taxa de conversão é uma métrica crucial para conteúdo com objetivos de conversão. Aqui estão representadas a assinatura de uma newsletter (boletim informativo) ou a conclusão de uma compra. Estes dados mostram o sucesso do seu conteúdo na condução das ações desejadas.
  • Taxa de rejeição: A taxa de rejeição (ou bounce rate, em inglês) indica a percentagem de visitantes que navegam para fora do seu site depois de visualizar uma única página. Uma alta taxa de rejeição pode sugerir que o conteúdo não está a converter ou a reter os visitantes de forma eficaz.
  • Conversão e interação: analise métricas de conversão, como comentários, partilhas e interações em redes sociais. Alta conversão indica conteúdo que se identifica com seu público.

Também pode aprofundar o conteúdo individual utilizando métricas qualitativas. Isto servirá para o ajudar a medir a qualidade do seu conteúdo. Esta etapa envolve o exame minucioso da relevância, precisão e eficácia geral do seu conteúdo para atingir o objetivo pretendido. Isto também é útil para uma auditoria SEO. Os principais elementos a considerar incluem:

  • Relevância e exatidão: O conteúdo está de acordo com os interesses e necessidades do seu público-alvo? Certifique-se de que fornece informações valiosas e atualizadas. Além disso, o seu conteúdo é verdadeiro? Informações desatualizadas ou incorretas podem prejudicar a sua credibilidade.
  • Mensagens-chave e tom de voz: O que é que pretende que os seus leitores levem consigo depois de lerem o seu conteúdo? Certifique-se de que está a dizer o que pretende. Isto deve ser feito no tom de voz que reflete a sua empresa e as suas preferências.
  • Legibilidade e acessibilidade:  Considere a qualidade geral do seu conteúdo em termos de estilo de escrita, gramática e legibilidade. Um conteúdo de alta qualidade tem mais probabilidades de envolver e reter os leitores. Contribui ainda para uma melhor experiência do utilizador. É igualmente bom ter em conta a acessibilidade. Certifique-se de que os seus elementos visuais têm alt text e as ligações têm descrições para ajudar os leitores com deficiências visuais. Por fim, certifique-se de que o seu texto está corretamente estruturado, com títulos e subtítulos.

É melhor limitar-se a algumas métricas principais. Dessa forma evitará ficar sobrecarregado com a quantidade de dados que está a recolher. Assim que tiver reunido estas informações essenciais sobre o seu conteúdo, é altura de começar a analisar, prosseguindo com a auditoria de conteúdo eficaz.

Passo 4: Analisar os resultados

Agora que reuniu todos os detalhes sobre o seu conteúdo, é altura de iniciar a fase crítica de análise e avaliação dos seus dados. Uma vez concluída esta etapa, terá uma visão abrangente do estado do seu conteúdo, que o ajudará a tomar decisões informadas. Ao analisar os seus dados, tenha em mente estas considerações importantes:

  • Avalie e planeie o conteúdo com fraco desempenho: Analise mais de perto os conteúdos que não estão a ter um bom desempenho. Quer estes não atinjam os níveis de tráfego desejados, quer não atinjam o envolvimento esperado. Os conteúdos com fraco desempenho requerem uma atenção especial, pois é possível que estejam a afetar negativamente não só o desempenho geral do seu website, mas também a experiência do utilizador.
  • Destaque os conteúdos com melhor desempenho: Por outro lado, pode celebrar o conteúdo que brilhou na sua análise. Ou seja, as suas jóias com melhor desempenho. Estas são as peças que mais tiveram impacto no seu público, gerando tráfego, envolvimento e conversões significativas. Pode torná-los uma parte importante de uma campanha de marketing ou apresentá-los de forma mais visível numa página de destino.
  • Atualize conteúdos desatualizados: Analise com atenção os conteúdos mais antigos do seu inventário. Há alguma forma de o atualizar ou renovar? Consegue dar nova relevância a essas peças? A atualização de conteúdos desatualizados é uma tática valiosa para a otimização de conteúdos. Isto permite melhorar os rankings dos motores de busca e, por consequência, a auditoria SEO. Além disso, garante que está a fornecer informações corretas e úteis ao seu público.
  • Encontre lacunas de conteúdo: Poderá descobrir que há conteúdos que estão claramente em falta no seu inventário. Existem tópicos ou temas em que o seu público está interessado e que ainda não abordou? Reconhecer estas lacunas pode revelar oportunidades para expandir a sua carteira de conteúdos e satisfazer melhor as necessidades do seu público-alvo.

Além disto, ao analisar os seus dados e a auditoria de conteúdos, esteja atento a padrões, tendências e ligações que podem não ser imediatamente claras nos relatórios padrão. Esteja atento aos casos anómalos. Por exemplo, publicações que ultrapassam as expectativas de desempenho. Observe os tópicos emergentes que ganharam destaque nos últimos meses e verifique as mudanças nos backlinks orgânicos para um conteúdo específico. Estas informações podem revelar oportunidades ocultas e orientar a sua estratégia de conteúdos. O que lhe permite tirar partido de conteúdos bem-sucedidos e adaptar-se à evolução dos interesses do público.

Passo 5: Planear ações e ajustar a sua estratégia de conteúdos

Depois de ter analisado meticulosamente o seu inventário de conteúdos, é altura de transformar as suas descobertas em ações concretas e aperfeiçoar a sua estratégia. É aqui que se garante que os conhecimentos obtidos com a auditoria de conteúdos conduzem a resultados tangíveis.

  • Dê prioridade às melhorias de conteúdo: Comece por dar prioridade às ações necessárias para cada categoria de conteúdo encontrada durante a sua análise. Os conteúdos que se enquadram nas categorias “em falta” ou “desempenho insuficiente” podem necessitar de atenção imediata. Contrariamente, os conteúdos com melhor desempenho podem beneficiar de uma otimização adicional para manter o seu sucesso.
  • Atualizações e otimização de conteúdos: Para os conteúdos identificados como desatualizados ou com fraco desempenho, crie um plano de atualização e otimização. Isto pode envolver a reescrita, a adição de novas informações, o melhoramento de imagens ou o aperfeiçoamento de palavras-chave para melhorar as métricas da auditoria SEO. Certifique-se de que o conteúdo está de acordo com as tendências atuais do setor e as expectativas dos utilizadores.
  • Consolidação e expansão de conteúdos: Encontre oportunidades para combinar conteúdos relacionados ou expandir tópicos populares. A combinação de artigos relacionados pode criar recursos mais abrangentes para os seus clientes. Já a expansão de conteúdos de sucesso pode reforçar a sua autoridade em nichos específicos.
  • Planeie a criação de novos conteúdos: Desenvolva um plano de criação de conteúdos para abordar tópicos ou temas que interessam ao seu público, mas que atualmente não constam da sua biblioteca de informações.
  • Aperfeiçoe a sua estratégia SEO: Se estivesse a utilizar as informações da sua auditoria para aperfeiçoar a sua estratégia SEO. Otimize os conteúdos para palavras-chave e frases relevantes, implemente estruturas de títulos adequadas e assegure-se de que as meta tags e o alt text estão bem otimizados. Com estes procedimentos melhorará também a sua auditoria SEO.
  • Promoção e distribuição: Pense na melhor forma de promover e distribuir os seus conteúdos, quer seja através das redes sociais, do marketing por correio eletrónico (em inglês, email marketing) ou de outros canais. Considere a possibilidade de expandir o seu alcance e de atrair novos públicos, redirecionando o conteúdo para diferentes formatos, como vídeos ou infográficos.
  • Calendário de conteúdos: Atualize o seu calendário de conteúdos com as ações planeadas. Estabeleça um calendário de publicação que se alinhe com a sua estratégia de conteúdos. A consistência na entrega de conteúdos é fundamental para manter o envolvimento do público.
  • Monitorização regular: Implemente um sistema de monitorização e avaliação contínua do desempenho do seu conteúdo. Estabeleça revisões regulares à sua auditoria de conteúdos para garantir que as suas ações estão a alcançar os resultados desejados. Ajuste a sua estratégia conforme necessário.
  • Trabalho em equipa: Se estiver a trabalhar em equipa, esta é uma boa altura para comunicar claramente as funções e responsabilidades na execução do seu plano de ação. A colaboração entre os membros da equipa é essencial para melhorar e criar conteúdos de forma eficiente.

Ao planear e executar estas ações, transformará os conhecimentos obtidos com a sua auditoria de conteúdos numa estratégia proactiva de melhoria de conteúdos. Este processo iterativo garante que o seu conteúdo se mantém relevante, cativante e alinhado com as necessidades do seu público, que estão em constante evolução. Isto acaba ainda por gerar melhores resultados para a sua presença online.

Otimizar a sua estratégia de conteúdo para o futuro

Manter-se no topo com o seu conteúdo é como manter um jardim bem cuidado. Uma auditoria de conteúdo é a sua tesoura de poda que o ajuda a cortar o excesso, a cuidar do que está a crescer e a plantar novas sementes de potencial. Para além dos números, trata-se de utilizar uma perspetiva holística para encontrar novos caminhos e oportunidades para o seu website. Por extensão, também para toda a sua empresa.

Ao concluir a sua primeira auditoria de conteúdos, lembre-se de que está num caminho contínuo para a excelência. A criação de ferramentas adicionais, como um calendário de conteúdos ou a realização de uma análise de lacunas no conteúdo, serão ferramentas úteis no futuro. Utilize a auditoria de conteúdos como um trampolim para o crescimento e aperfeiçoamento contínuos. As informações obtidas serão a sua bússola, orientando-o para temas mais importantes, relevantes e envolventes.

Crie a sua loja virtual

Inicie o seu negócio online de forma rápida e fácil e venda os seus produtos ou serviços através de uma loja virtual.

Começar a utilizar
  • Gestão fácil, seja de produtos, seja das vendas
  • Métodos de pagamento seguros
  • Fique com a sua loja online em poucos passos
  • Certificado SSL gratuito
  • Compatível com dispositivos móveis
  • Suporte 24/7