i

Compre um domínio e hospede sua empresa online gratuitamente por 3 meses. **

Solicitar oferta
.com
$ 5.99 $ 26.99 /1º ano
.one
$ 1.99 $ 16.99 /1º ano

Entrar

Painel De Controlo Webmail Editor web Loja virtual File Manager WordPress

O que é uma mailing list?

Saiba o que é e como criar uma mailing list

Uma mailing list (em português, lista de correio) é uma ótima forma de alcançar clientes ou membros e criar uma relação a longo prazo. Mas como se faz uma mailing list? E que tipo de listas de correio é possível fazer? É possível comprar mailing lists? Continue a ler e descobrirá neste artigo.

O que é uma mailing list?

Uma mailing list é um conjunto de e-mails para os quais é enviada informação. Esta lista reflete-se num grupo específico de, por exemplo, clientes que compram uma determinada subscrição de um ano específico. Conseguirá comunicar de forma eficaz e com propósito ao criar uma ou mais listas de correio e ao enviar materiais como uma newsletter digital.

Como funciona a mailing list?

Uma lista de correio funciona da seguinte forma: a sua página terá um formulário de inscrição onde os visitantes interessados se poderão registar. Uma vez inscrito, são criadas uma ou mais listas de endereços de correio eletrónico, as mailing lists. Por exemplo, uma lista de pessoas interessadas em atualizações sobre roupa de mulher e uma outra lista para roupa de criança. Assim, é possível enviar, através de um e-mail marketing gratuito ou profissional, o conteúdo para um grupo e não para o outro, ou vice-versa. Isto faz com que seja possível o envio de correio eletrónico direcionado.

6 tipos de mailing lists

Pode criar várias mailings lists, dependendo do seu objetivo e do público que pretende alcançar. Abaixo encontra 6 exemplos:

  1. Newsletter
    O boletim informativo, termo utilizado em português para newsletter, permite informar as pessoas ou fazer atualizações sobre um produto, serviço ou empresa. É utilizada, maioritariamente, a newsletter digital.
  2. E-mail Marketing
    As campanhas de e-mail marketing grátis ou profissional, ou e-mail mkt se abreviarmos, podem incluir ofertas, códigos promocionais e descontos. Neste ponto podemos incluir também a newsletter e-mail marketing.
  3. Service message (Mensagem de serviço ou mensagem sazonal)
    Numa mensagem de serviço é possível dar informações sobre um produto ou serviço. Isto acontece, por exemplo, quando há necessidade de manutenção de um equipamento. É também possível enviar este tipo de mensagens em épocas festivas.
  4. E-mail de boas-vindas
    Numa mensagem de adesão a um produto ou serviço pode divulgar informações sobre atividades, eventos e sobre a própria empresa ou associação. Pode fazê-lo utilizando uma mensagem de e-mail normal ou através de uma newsletter digital, por exemplo.
  5. E-mail geográfico
    Uma mensagem de correio eletrónico geográfico é destinada a pessoas de um local específico. Pode ser o caso, por exemplo, de uma empresa internacional que queira enviar uma mensagem a clientes portugueses.
  6. E-mail demográfico
    Um e-mail demográfico tem como público-alvo pessoas com características específicas como determinada idade ou a profissão.

O que é preciso utilizar para criar uma mailing list?

A criação de uma lista de correio é feita através de um software mailing list. Isto facilita não só o seguimento de quem subscreve e anula subscrições, mas também possibilita a criação de grupos. O software mailing list faz quase todas as operações de forma automatizada.

Criação de listas de correio: software mailing lists

Há várias ferramentas disponíveis que lhe permitem criar listas de correio de forma fácil. Exemplificando, pode fazê-lo com o seguinte software mailing list: Mailchimp, HubSpot ou ConvertKit. E se utilizar o WordPress? Então poderá instalar um plugin no seu site de forma a criar, rapidamente, um formulário de inscrição – por exemplo, Popup Maker, OptinMonster ou Ninja Kick.

Uma mailing list e o RGPD

Quando cria uma lista de correio processa dados pessoais. Contudo, não está autorizado a utilizar estas informações de qualquer forma. Desde que foi implementado o GDPR (Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados – RGPD, em Portugal) é preciso a permissão para o processamento e utilização destes elementos. Entre outras, deve:

  • Indicar, claramente, para que fins utilizará os dados;
  • Permitir que haja, facilmente, a opção para que a pessoa cancele a inclusão na lista;
  • Armazenar e processar os dados pessoais com segurança, respeitando o RGPD;
  • Ser capaz de provar que a pessoa deu o seu consentimento.

Pode encontrar toda a informação sobre o RGPD e envio de e-mails no site oficial do regulamento. Nota: verifique também se o software mailing list que utiliza para a criação da lista de correio foi elaborado tendo em conta o RGPD.

Construir uma mailing list

Mas, então, como se cria uma mailing list? É possível fazê-lo de várias maneiras. De seguida verá 4 opções.

1. Ofereça algo

Quase todas as empresas que têm presença online recolhem endereços de e-mail, seja para a newsletter e-mail marketing ou para outros formatos. Assim sendo, como se pode destacar dos outros? Dando algo de si! Ou seja, recompensará as pessoas pelo facto de se inscreverem. Pode, por exemplo, oferecer um desconto na primeira encomenda, enviar um e-book grátis com várias dicas ou apresentar ofertas com a sua newsletter e-mail marketing.

2. Dê acessos exclusivos

Pode também recolher e-mails ao oferecer acesso a produtos ou serviços exclusivos. Por exemplo, acesso a um conteúdo específico, a um webinar, a uma newsletter digital exclusiva ou a produtos de luxo.

3. Utilize pop ups

Os pop ups, ou janelas instantâneas, são também uma excelente forma de construir a sua mailing list. Os pop ups são janelas que aparecem automaticamente numa parte da página. Assim, poderá ter um pop up newsletter digital ou colocar uma oferta que torne a inscrição dos visitantes mais atrativa.

Nota: Não exagere no número de pop ups apresentados numa página nem coloque janelas instantâneas muito grandes. Isto poderá criar frustração nos clientes que ficarão reticentes com a subscrição.

4. Use as redes sociais

Por fim, pode também construir uma mailing list nas suas redes sociais. Por exemplo, crie uma publicação (paga) que inclua um sorteio de prémios quando os seguidores subscreverem a sua newsletter. Certifique-se, apenas, de que a mensagem é clara e que as pessoas percebem o porquê de deixar o e-mail no formulário.

Comprar mailing list?

Precisa de recolher novos e-mails? Ou acabou de iniciar o seu projeto? Então existe a opção de comprar uma ou mais mailing lists. De acordo com o RGPD, pode utilizar os dados de contacto de terceiros uma vez que a entidade a quem compra a lista tiver informado os destinatários.

Não é boa ideia

Muitas vezes, comprar uma mailing list não é boa ideia. Isto porque não terá garantia de sucesso visto que, o mais provável, é que as pessoas não estejam interessadas no conteúdo que irá enviar. Para além disto, a lista de correio comprada pode conter informações desatualizadas pelo que os seus e-mails podem chegar mais tarde. Ainda assim, ajudará caso tenha a certeza de que quem lhe forneceu a informação tenha confirmado o pedido de autorização junto do destinatário. Se este último procedimento não for concluído, não poderá enviar os e-mails.

Como criar uma mailing list?

É possível criar uma lista de correio em poucas etapas. Mas, quais são elas? Veja a seguir.

1. Defina o público-alvo

Primeiramente, determine qual será o seu público-alvo. Ao fazê-lo, coloque perguntas como:

  • A quem quero chegar?
  • Em que estão interessados?
  • Qual é o objetivo?
  • Como é que chego a esse objetivo?

Ao escrever claramente qual é o seu público-alvo será mais fácil determinar o conteúdo do(s) e-mail(s) e, por sua vez, a criação de mailing lists específicas.

2. Comprar software de mailing list

O segundo passo, é adquirir o programa para a criação de mailing lists. Escolha uma ferramenta que se adapte aos seus objetivos e orçamento. Alguns exemplos são: Mailchimp, HubSpot ou ConvertKit.

3. Recolha de e-mails

Naturalmente, também será necessário recolher endereços de e-mail. Por isso, coloque um formulário de inscrição na sua página através de pop ups ou crie uma página de registo separadamente. Certifique-se de que “menos é mais”. Ou seja, se possível, peça apenas um nome e um endereço de correio eletrónico. Contudo, a desvantagem é que precisará de mailing lists específicas para depois saber como criar conteúdo digital para os seus clientes.

4. Criar o conteúdo do(s) e-mail(s)

Depois de tudo isto é importante determinar o conteúdo do(s) e-mail(s). Tenha a certeza de como criar conteúdo digital relevante para o público-alvo ou para a sua mailing list. Até porque o envio de um e-mail mkt de roupa de criança a alguém interessado em roupa de homem não funcionará.

Dica de leitura: No nosso artigo sobre marketing por e-mail, encontrará dicas sobre como escrever um e-mail marketing.

5. Enviar o(s) e-mail(s)

É chegada a hora de enviar o(s) e-mail(s). Para isso, poderá enviar uma mensagem de correio eletrónico semanal ou mensal. No entanto, não exagere. Afinal, ninguém está à espera de uma caixa de e-mail com dezenas de mensagens da mesma empresa.

6. Análise

Por fim, é importante saber se o e-mail funcionou ou não. As pessoas abriram a mensagem de correio eletrónico e realizaram alguma ação? Ou o e-mail não levou a nada? Avaliando regularmente as mensagens de e-mail conseguirá fazer ajustes.

Para enviar a sua mailing list, deverá criar o seu endereço de e-mail. Precisa de um? Então compre hoje o alojamento de e-mail na one.com para que possa enviar mensagens com o seu nome de domínio.

Torne a sua imagem profissional utilizando um endereço de email profissional

Envie correspondência empresarial a todos os seus contactos utilizando o seu domínio.

Comprar agora
  • Aceda ao seu e-mail profissional em qualquer lugar, a qualquer hora
  • Proteção contra spam e vírus
  • Email empresarial com o seu domínio
  • Webmail próprio
  • Suporte 24/7
  • Sem anúncios